Boletim informativo da Holos Consultores n. 58 - ano 15 - 01 Setembro de 2020

EDITORIAL

 

ENFRENTANDO DESAFIOS

Gostaria de falar sobre empreendedorismo, sobre os avanços ocorridos neste ano, os eventos que fizemos nesse período, mas, em função da nova realidade que enfrentamos, se torna impossível abordar algum tema que não esteja associado a pandemia. Mais um trimestre se passou e a ausência de previsão para cura do COVID 19 assusta a sociedade global. Apesar de pesquisas realizadas em todo o mundo e alguns países estarem otimistas, a probabilidade de ter uma vacina em 2020 é remota. Temos que encarar o fato que, existe um inimigo invisível sem previsão de ser derrotado. As precauções e hábitos de higiene devem ser constantes, pois, devido a estas atitudes, evitou-se uma maior disseminação do vírus. A consciência e a colaboração de todos são imprescindíveis para vencer esse desafio. Aos poucos a vida vai voltando ao normal, porém com algumas adaptações e cautela, para que se possa manter uma rotina segura.

O nosso grande desafio é continuar nossas vidas, traçando metas e objetivos, para uma nova realidade, vivendo o presente da melhor e mais adequada forma possível. Na verdade, nós nunca tivemos certeza do amanhã, sempre convivemos com dúvidas e dificuldades sobre o futuro. Espero que, possamos evoluir e valorizar mais as pessoas, as boas ações, os gestos de solidariedade ocorridos diariamente, e, consequentemente, sermos pessoas melhores no futuro. Como disse no editorial anterior, a imortalidade nunca foi uma opção, e isso nunca nos impediu de sonhar, levantar todos os dias e fazer o que tem que ser feito. Então que tenhamos garra, força e determinação para continuar nossos sonhos, fazendo o melhor dia após dia e, acima tudo que tenhamos fé em dias melhores.

 

 

“Se não comprometermos a pensar e a viver de um modo diferente da maioria das pessoas, estaremos nos preparando para suportar uma vida de mediocridade, dificuldades, fracasso e remorso – justo como a maioria dos indivíduos”

 

Milagre da Manhã

Márcio José Soares Pinto.

 

Sócio Diretor

ENFOQUE

Leitura interessante para crescimento profissional.

A PARÁBOLA DO FAZENDEIRO

 

Era uma vez um fazendeiro que, após uma colheita ruim, reclamou: Se Deus me desse o controle do clima tudo seria melhor, pois parece que ele não entende muito de agricultura. Ouvindo isso o Senhor disse a ele: Durante um ano eu lhe darei o controle do clima; peça o que você quiser e seu desejo será concedido.

O pobre homem ficou muito feliz e imediatamente disse: Agora eu quero o sol!, E o sol saiu. Mais tarde ele disse: ‘Que chova!’, e choveu. Durante um ano inteiro o sol brilhava e depois chovia. As sementes cresciam, cresciam… era um prazer observar aquilo! Agora Deus pode entender como se controla o clima’, ele pensou com orgulho. A plantação nunca antes havia crescido tanto, ficando tão verde, e de um verde tão saudável.

Chegou a hora de colher. O fazendeiro pegou a foice para cortar o trigo, mas sentiu um aperto no coração. Os caules estavam praticamente ocos. Deus então veio e perguntou ao fazendeiro: Como estão as suas plantas?

O homem se queixou: Pobres, meu Senhor, muito pobres!

Mas você não controlou o clima? As coisas não saíram como você queria?’ ‘Claro! E é por isso que estou perplexo – recebi a chuva e o sol que eu pedi, mas não há o que colher.

Então o Senhor disse: Mas você nunca pediu vento, tempestades, gelo e neve, tudo o que purifica o ar e torna as raízes duras e resistentes! Você pediu chuva e sol, mas não pediu mau tempo. É por isso que não há o que colher. A vida só é possível através dos desafios. A vida só é possível quando você tem tanto bom tempo, quanto o mau tempo; quando tem prazer e dor; quando tem inverno e verão; quando tem tristeza e felicidade, desconforto tanto quanto conforto. A vida passa entre essas duas polaridades. Movendo-se entre essas duas polaridades, você aprende a se equilibrar. Entre essas duas asas, você aprende a voar até a estrela mais distante.

O ser humano tem o desejo de controlar tudo e querer que tudo aconteça conforme seus desejos, porém ele se esquece que a vida é repleta de polaridades, de desvios, de pedras, de tempestades, de trovoadas, absolutamente necessárias para o nosso crescimento. É impossível crescer felizes, equilibrados e harmonizados sem os sofrimentos e as quedas. Isso parece contraditório, mas faz parte da nossa natureza.

Nós só podemos compreender o que é felicidade se tivermos dias tristes, só podemos entender que existe o inverno porque existe o verão, só há o dia se houver também a noite, só existe o amor porque também existe o ódio e a indiferença, só existe a vida porque ao final de nossa existência nos confrontamos com a morte.

O sol é tão importante quanto à chuva, o vento, a neve e as tempestades, a soma de tudo gera uma planta saudável com frutos abundantes.

Nós também podemos colher frutos abundantes a partir de todas as nossas experiências, tanto as boas quanto as ruins, todas são importantes e servem para o nosso crescimento.

FONTE: https://motivacaoefoco.com.br/parabola-deus-e-o-fazendeiro/

.

SEGURANÇA

Covid-19 e a gestão da segurança e saúde no trabalho

Fundamental para a retomada e crescimento das atividades produtivas no pós-pandemia é zelar pela saúde dos trabalhadores. É notório o impacto da pandemia da COVID-19 nos setores industrial, comercial e prestação de serviços, não só em termos econômicos, mas sobretudo no novo formato de trabalho que garanta continuidade das atividades industriais consideradas essenciais.

Ao avaliar as propostas para uma nova forma de trabalho, inserida no contexto da pandemia e de pós-pandemia, além, é claro, do viés econômico e trabalhista, as empresas devem analisar o seu modus operandi em termos de gestão da Segurança e Saúde no Trabalho (SST).

Sem intenção de esgotar o tema, é imperioso esclarecer um ponto crucial em SST: a parte documental. Nela constam os levantamentos, monitoramentos, medidas de controles, registros de treinamentos aos trabalhadores, além de conter as diretrizes da política de SST da empresa. Dito isto, deve-se indagar se os documentos ocupacionais da empresa já contemplam os riscos decorrentes do novo corona vírus, bem como se contemplam todas as medidas implantadas nesse sentido.

Ainda não sabemos quanto durará a pandemia. Não se sabe também se ao fim da pandemia as medidas restritivas permanecerão vigentes, visando afastar o risco de novo evento pandêmico.

Ora, seja durante a pandemia ou no pós-pandemia, é válido avaliar se os documentos ocupacionais das empresas não devem ser revisados/atualizados em relação à COVID-19. Assim, o PPRA e o Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional (PCMSO) devem ser revistos/atualizados para eventual inserção de fatores ligados à COVID-19.

Demais exigências contidas nas NRs devem também passar por revisão/atualização, tais como: Procedimentos e Ordens de Serviço (NR 01); Mapas de Riscos dos locais de trabalho (NR 05); Registros de treinamento e entrega de EPIs (ex.: máscaras) aos trabalhadores (NR 06).

A garantia da adequação da gestão de SST em relação à COVID-19, além de proteger os trabalhadores, afasta, em caso de fiscalização, configuração de grave e iminente risco nas atividades da empresa; ou seja, condição ou situação de trabalho causar doença com lesão grave ao trabalhador, o que poderá implicar em interdição parcial ou total da atividade, conforme NR 03 – Embargo e Interdição.

FONTE: http://www.granadeiro.adv.br/clipping/2020/05/19/covid-19-e-a-gestao-da-seguranca-e-saude-no-trabalho

CANTINHO DO AMIGO

Pet de Apartamento: Tenha um cantinho só dele

Ter um pet de apartamento é lidar o tempo todo com o problema de espaço. Afinal, muitas vezes os animais acabam destruindo os móveis e, até, fazendo xixi fora do lugar adequado. Por isso, é importante que você crie um espaço apropriado para que ele fique seguro e confortável. Assim, ele terá um local só dele, onde se sentirá importante e feliz, afinal, é isso que interessa!  

Se eu quiser ter um pet de apartamento, o que devo considerar?

Primeiramente, conflitos entre vizinhos, por causa dos pets, são muito comuns devido o barulho e comportamentos destrutivos. Depois, você deve considerar qual animal você deseja, já que alguns demandam mais atividades físicas, enquanto outros têm hábitos mais sedentários.

A decisão de ter um pet de apartamento deve ser extremamente consciente, pois demandará um certo esforço até que haja uma adaptação entre o animal e a realidade de seu dono.

Por que é importante que o pet tenha seu próprio espaço?

Isso é muito mais do que uma comodidade para o dono do animal. O espaço escolhido será onde o pet demarcará como seu território e construirá sua personalidade. Assim, o bichinho desenvolverá uma relação com seu lugar, gerando segurança, proteção, cheiro e conforto.

É possível que exista uma idéia de isolamento quando falamos em delimitar um local para o seu amiguinho, mas ela precisa ser desmistificada. Muitos animais são de toca, ou seja, é da natureza deles buscar um refúgio. Por isso, eles se sentem confortáveis quando sabem que possuem um ambiente só deles.

Qual o espaço adequado que meu pet precisa para se sentir bem?

 

Tamanho: Sabe aquilo de que tamanho não é documento? Essa teoria pode se aplicar aqui. Muitos cães preferem espaços menores pois, espaços calmos, confortáveis ​​e fechados lembram seus lares ancestrais.

Segurança: No caso de animais mais velhos, realize a limpeza básica do local. Entretanto, filhotes pedem por uma atenção redobrada pois, são extremamente enérgicos e curiosos. Por isso, siga as cinco recomendações a seguir:

  1. Armazene materiais de limpeza e alimentos em outra sala, ou armários altos de portas trancadas.

  2. Arrume os cabos elétricos ou esconda-os atrás de móveis.

  3. Remova latas de lixo ou substitua por modelos à prova de cães.

  4. Retire de perto tênis, roupas, brinquedos e qualquer outra coisa que você não quer que seu cachorro brinque enquanto você não está por perto.

  5. Ajuste o ambiente para uma temperatura confortável e não deixe em aquecedores de espaço desnecessários e perigosos.

 

 

Conforto: Caso você não tenha o costume de permitir que o animal deite no sofá, faça uma cama suave e relaxante o ponto focal da área criada para o pet. Esse conforto também trará segurança ao seu amiguinho, pois ele verá como uma espécie de porto seguro.

FONTE: https://nfpet.com.br/blog/2018/12/apartamento-como-delimitar-o-espaco-do-seu-pet-de-forma-eficiente/

CANTINHO DA SAÚDE

Como cuidar de sua saúde mental em tempos de Covid-19

Façamos nossa parte

Proteja sua saúde mental, não há motivos para pânico. Se obedecermos as autoridades e fizermos nossa parte, logo tudo vai melhorando aos poucos. Isso não quer dizer que tenhamos isolamento afetivo, manter esse suporte, esse sentimento de união é o que todos precisam.

Você pode ser afetivo mesmo sem abraçar, beijar ou apertar as mãos das pessoas, acolhendo com palavras de motivação, sorrisos, acenos, mas o importante é se fazer presente nesses momentos para aqueles que amamos, telefonando e passando mensagens para seus parentes e amigos, dando assim um suporte, que será um conforto tanto para você, quanto para as pessoas que os recebe.

Neste momento difícil, coisas  que estavam retidas em seu inconsciente vão aparecer e com o momento que se apresenta é uma forma de colocarmos o que recalcamos, isto é, conflitos que deixamos guardados bem lá no fundo da nossa alma, do nosso coração, e logo tudo isso venha à tona.

 

Medo e ansiedade

Estamos com medo do vírus, porém, ficar neurótico (a) com a situação não vai ajudar. Sabemos que  o medo é inerente ao ser humano, é um medo saudável, é o que nos faz reagir com o objetivo de nos proteger frente às ameaças e perigos.

Quem é ansioso pode ter esse medo maior, que passa a interpretar de outras formas, tendo um medo que leva ao pânico. Quem tem depressão, podemos ver que a pessoa vai ter mais tristeza, porque tem falta de expectativa positiva, sensação de incerteza frente ao que está acontecendo.

 

E quem não tem medo, ansiedade e depressão, vai começar a observar que está começando a ter, não que esse momento vai fazer você ter depressão, mas se  embarcarmos nesse medo ao ver as informações sobre o Covid-19, pode ser sinal que a depressão já esteja aí, mas pode sinalizar algo em você, dentro de uma situação que já existia.

Procure sempre  informações em fontes mais confiáveis, sites das secretarias de saúde, OMS, BBC e outros. Não repasse informações recebidas de redes sociais sem ter verificado se é verdade ou não.

 

A importância da terapia online para a situação atual

É hora de mostrar às pessoas que ser assertivo não é sinônimo de falta de carinho ou nem nada do tipo. Ser assertivo é uma forma de proteção, não tem nada a ver com você, tem a ver com vidas que você também está ajudando.

terapia online é tão importante quanto a presencial, porém, se você está em tratamento psicológico é necessário que faça terapia em casa através do “Psicologia Viva” e com o profissional que já lhe atende.

Outros que precisam, também podem procurar tratamento online para proteger você também de ter uma baixa imunidade, pois se você não tiver bem emocionalmente também terá maiores chances de ficar suscetível a doenças. 

 

 

FONTE: https://blog.psicologiaviva.com.br/cuidar-de-sua-saude-mental/

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Hiperatividade infantil: Como a alimentação pode ajudar no tratamento

As crianças são a alegria da casa! Elas são espontâneas, esbanjam energia, por isso, prender a sua atenção a uma única atividade por muito tempo torna-se um desafio. Mas, quando essa agitação começa a ultrapassar os limites da normalidade e passa a interferir no desempenho escolar e no seu relacionamento com as pessoas, isso pode ser um sinal da presença do TDAH – Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade.

Uma doença neurocomportamental de origem genética, o TDAH atinge cerca de 5% das crianças em idade escolar, segundo um artigo científico publicado na revista Práxis. Mesmo não tendo cura, o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade pode ter os sintomas reduzidos e controlados por meio do uso de medicamentos e alguns cuidados com a alimentação.

Hiperatividade infantil e a alimentação

Considerada um método alternativo ou secundário no tratamento do TDAH, a alimentação pode trazer resultados positivos na redução de alguns sintomas do transtorno, apenas com pequenas modificações no cardápio e uma alimentação mais saudável no dia a dia.

Segundo o Instituto de Pesquisa de Déficit de Atenção, os alimentos mais indicados para crianças com TDAH são as fontes de proteínas e carboidratos de digestão lenta, como alimentos orgânicos, frutas e verduras. Por outro lado, os carboidratos simples, de digestão rápida, como os açúcares leves e a farinha branca, provocam picos de glicose no sangue e, conseqüentemente, geram mais energia para o organismo.

Confira quais são os itens que merecem fazer parte da dieta de quem sofre de TDAH:

Maçã:  A maçã é fonte de carboidratos complexos, que são digeridos mais lentamente pelo nosso organismo e não provocam o pico de insulina. Já os carboidratos simples são rapidamente transformados em açúcar, o que só agrava o caso.

Espinafre: Embora não agrade o paladar de muitas crianças, esse vegetal é uma das fontes mais completas de nutrientes, incluindo vitaminas C e do complexo B, ferro e proteína.

Frango: Uma das funções da proteína é evitar picos de açúcar no sangue, o que é essencial para controlar os sintomas da hiperatividade. Como esse é um alimento que agrada aos pequenos, vale inserir na rotina alimentar de diferentes formas.

Peixes frios: Alguns estudos mostraram que crianças com TDAH contêm baixos níveis de ômega 3 no organismo. E peixes como o salmão e o atum são fontes ricas desse ácido graxo, além de concentram diversos outros nutrientes.

Castanhas e sementes: Outras fontes de ômega 3 e carboidratos complexos. Vale a pena investir em diferentes tipos de oleaginosas, como nozes, castanha-do-pará e chia. Outra ótima opção é o óleo de linhaça.

Frutas cítricas: Laranja, limão, kiwi e outras frutas cítricas são ricas em vitamina C que, além de fortalecer o sistema imunológico, ajuda a promover a produção de hormônios anti-estresse.

Cereais integrais: Troque aqueles cereais industrializados ricos em açúcar e outros aditivos por cereais integrais, que são fontes de fibras, proteínas e outros nutrientes.

 

Atenção!

A restrição de qualquer alimento do cardápio só deve ser feita sob a orientação e acompanhamento de um médico ou nutricionista, para evitar a perda de nutrientes importantes ao bom funcionamento do organismo.

 

 

FONTE: https://www.jasminealimentos.com/alimentacao/alimentacao-aliada-ao-controle-dos-sintomas-de-transtorno-de-deficit-de-atencao-e-hiperatividade/

EVENTOS

O motivo principal da nossa sessão “EVENTOS” é a divulgação e o reconhecimento do que foi feito por todos que fazem parte da HOLOS.

 

Quando inserimos no Boletim Holos Informe uma reunião de segurança, um evento, curso ou treinamento, estamos celebrando com nossos colaboradores a importância e o impacto que esses eventos têm para empresa. Em função do atual momento, as reuniões e treinamentos que eram feitos periodicamente, foram suspensos. Mas seguimos na certeza de que os procedimentos, as normas e tudo que foi passado até aqui estão sendo aplicados. Temos a certeza de que nossos profissionais - cada um na sua área - estão orientando seus colaboradores e seguindo os padrões de segurança e qualidade que são nossa marca.

 

Em breve estaremos de volta com novidades, cursos e treinamentos. Os obstáculos vieram, mas superamos a pior fase. E vamos seguir em frente, como sempre fizemos: Lutando, perseverando, acreditando.

.

“Saiba que são suas decisões e não sua condição que determinam seu destino”

Tony Robbins

 

 

FONTE: https://www.tonyrobbins.com/

PRESERVE O MEIO AMBIENTE

O Brasil é um dos principais atores nas discussões internacionais sobre o meio ambiente. As características naturais do país o tornam uma referência no tema: o Brasil conta com a maior biodiversidade do mundo; a maior extensão de floresta tropical e 12% das reservas de água doce do planeta.

Em meio a um cenário caótico de pandemia, em que o Brasil se tornou o terceiro país em número de mortos pela covid-19, a preocupação com a preservação do meio ambiente ganha força. A destruição de bioma contribui com o surgimento de pandemias, e a possibilidade de novas crises tem tudo a ver com o modo como lidamos com a natureza. Um levantamento feito pelo Instituto Ipsos para o Dia Mundial do Meio Ambiente, mostra que, para 85% dos brasileiros, problemas como degradação ambiental, poluição, desmatamento e mudanças climáticas representam uma séria ameaça à saúde e devem ser tratados como prioridade no plano de recuperação do país pós-pandemia. 

Em abril deste ano, o desmatamento da Amazônia foi o maior em dez anos. Além disso, sob o governo Bolsonaro, a pauta verde lidou com diversos reveses, de cortes de recursos no IBAMA ao Fundo Amazônia, em que verbas de países como Noruega e Alemanha pela proteção florestal estão suspensas desde janeiro de 2019. Durante seminário "Covid-19 e Clima: Como Estão Conectados?", promovido pela Rede Brasil do Pacto Global da ONU (Organização das Nações Unidas) em parceria com Ecoa, Carlos Nobre, presidente do Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas e pesquisador sênior do Instituto de Estudos Avançados da USP, alertou para o fato de ter sido sorte a pandemia de corona vírus não ter começado pelo Brasil.

A Amazônia tem a maior quantidade de microorganismos do mundo. E estamos perturbando o sistema o tempo todo, com populações urbanas se aproximando, desmatamento e comércio de animais silvestres. Então, “talvez tenha sido sorte que a pandemia não tenha começado no Brasil” Nobre lembrou ainda o caso da leishmaniose, endemia típica da Amazônia que tem como causador um protozoário e o vetor é o mosquito palha. A doença se espalhou pelo mundo, devido à aproximação dos homens dos ambientes silvestres, mas agora está controlada, tendo cura e remédio.

Apesar de a maior parte dos entrevistados brasileiros concordarem na importância da pauta verde para o futuro, os resultados do levantamento apontam para um paradoxo. Embora 85% defendam que o governo deve priorizar a preservação do meio ambiente na retomada pós-pandemia de corona vírus, 41% dos ouvidos no Brasil admitem que o tema da proteção ambiental não esteja na sua própria lista de prioridades no momento.

 

FONTE: https://www.uol.com.br/ecoa/ultimas-noticias/2020/06/05/85-dos-brasileiros-ve-protecao-ao-meio-ambiente-como-prioridade-pos-covid.htm

HOLOS CONSULTORES ASSOCIADOS LTDA.

Rua Silva Ortiz, 223 – Floresta, Belo Horizonte, MG – CEP: 30150-130

Telefone: (31)3267-5300

E-mail: holosconsultores@holosconsultores.com.br

Sócio-diretor: Márcio José Soares Pinto

Diretor executivo: Celso Antônio Advíncula Vitor

Responsável boletim Holos IN: Conceição Aparecida da Silva

Ajude-nos a melhorar, mande sua opinião e sugestão sobre o Holos in, através do nosso site: www.holosconsultores.com.br, do nosso e-mail holosconsultores@holosconsultores.com.br ou pelo telefone (31)3267-5300.

© 2018 Holos Consultores