Boletim informativo da Holos Consultores n. 64 - ano 16 - 01 Junho de 2022

EDITORIAL

 

1 - EDITORIAL.jpg

Na vida, assim como na empresa, é impossível ter apenas momentos agradáveis, pois frustrações, dias ruins e até mesmo tragédias fazem parte do nosso caminho. Esses fatos aconteceram ou acontecerão com todo mundo em algum momento da vida. Apesar de tentarmos fazer boas escolhas, nem sempre acertamos. E, aprendemos que não somos donos do futuro. O que podemos fazer é aproveitar com sabedoria o presente para não nos arrependermos do passado e comprometer nosso futuro. Portanto aprenda que isso é perfeitamente natural! Ao aceitar essa informação, será mais tranquilo lidar com os inconvenientes que surgirem na nossa estrada. Se algum inconveniente insistir em perdurar, não se desespere, nem perca a esperança. Mantenha a paciência e perseverança, pois essas coisas, como todas as outras, acabam. Tudo se torna mais fácil quando o seu coração, sua alma e sua mente estão tranquilos.

 

Os problemas existem para serem solucionados. Manter o foco apenas na adversidade é aumentar o sofrimento e se perder no caminho da resolução. Se algo te incomoda, prepare-se para entender como é possível finalizar a situação da forma mais proveitosa possível.

 

Ter um problema na vida é sempre algo muito incômodo, mas tenha certeza de que outros pontos da sua existência merecem também um pouco de sua atenção. Procure aspectos positivos no seu dia a dia para que possa engrandecê-los ainda mais e, assim, se esquecer dos inconvenientes. Pensar demais nos problemas, muitas vezes tira nosso foco da solução, que pode estar muito mais próxima do que imaginamos. Valorize cada momento, tire proveito e aprenda com cada experiência. A vida continua e só nos resta seguir em frente, como sempre fizemos, lutando e vencendo um dia de cada vez.

Márcio José Soares Pinto.

 

Sócio Diretor

2 - EDITORIAL.jpg

ENFOQUE

BENEFÍCIOS DA LEITURA – QUEM LÊ VIAJA SEM SAIR DO LUGAR!

3 - LEITURA INTERESSANTE PARA CRESCIMENTO.jpg

1. Crescer rodeado de livros ajuda na vida adulta.

A Universidade de Pádua, na Itália, realizou um estudo com crianças e revelou que aquelas que crescem cercadas por livros têm mais chances de ter sucesso na vida adulta. Jovens que leem por prazer tinham salários 21% melhores. Isso se deve, para os especialistas, ao fato de que essas pessoas têm mais chances de aprender sobre a vida e o universo, adquirindo novas experiências.

2. Empatia: “transportar-se à perspectiva dos outros”.

Um estudo publicado no periódico Trends in Cognitive Sciences mostra que quem lê ficção tem mais empatia. Segundo a pesquisa, a leitura nos ajuda a entender melhor o sentimento dos outros e também melhora a capacidade de mudarmos nós mesmos. Este efeito, de acordo com a publicação, é alcançado pelo envolvimento emocional durante uma leitura ao descobrir circunstâncias e personagens complexos.

3. A criatividade é intensificada.

Pessoas que leem ficção têm mais tendência a aceitar pensamentos diferentes e passam a entender diferentes aspectos de um mesmo assunto, mostra um estudo do periódico Creativity Research Journal. Isso significa que, graças à leitura, é mais fácil encontrar alternativas diferentes e novas possibilidades em sua rotina.

4. Ler ajuda a diminuir o estresse.

Segundo uma pesquisa da Universidade de Sussex, no Reino Unido, ler por apenas seis minutos ajuda a diminuir cerca de 68% dos níveis de estresse. Os pesquisadores perceberam que após o breve período de tempo os voluntários tinham queda na frequência cardíaca e conseguiam relaxar os músculos. “Perder-se em um livro é o maior estágio de relaxamento possível”, opinou o neuropsicólogo David Lewis, que conduziu o teste. “Não importa qual é o livro, apenas o processo de escapar das preocupações do mundo cotidiano já é uma forma de relaxar.”

5. Ler aumenta as habilidades mentais.

Um estudo do jornal Neurology, de 2013, descobriu que pessoas que cultivam o hábito da leitura preservam por mais tempo suas habilidades mentais. Várias pesquisas indicaram que o estímulo mental da leitura ajuda a “atrasar” sintomas de doenças como demência e Alzheimer. Além disso, diferentes partes do cérebro são estimuladas durante a leitura. Foi notado que o fluxo sanguíneo aumentou em partes do órgão. “Prestar atenção em textos literários requer coordenação de várias funções do sistema cognitivo”, disseram os cientistas. Outro estudo dos EUA também descobriu que a redução do funcionamento do cérebro na velhice, pode ser reduzida em cerca de 30% se a pessoa mantiver hábitos de leitura. Ler também faz com que a receptividade à linguagem aumente no cérebro – o que facilita na hora de aprender um idioma novo, por exemplo.

6. A expectativa de vida aumenta.

Um estudo publicado no periódico Social Science and Medicine revelou que quem lê livros regularmente consegue viver por mais tempo. Em testes com mais de três mil voluntários, aqueles que dedicaram cerca de três horas por semana à leitura viveram pelo menos dois anos a mais do que os participantes que não costumavam ler com frequência.

FONTE https://super.abril.com.br/coluna/literal/por-que-ler-ficcao-podete-ajudar-a-ser-um-profissional-melh

SEGURANÇA

27 de julho - Dia Nacional da Prevenção de Acidentes de Trabalho

4 - SEGURANÇA_edited.jpg

Anualmente o dia 27 de julho é dedicado como o como marco nacional das medidas de Prevenção a Acidentes do trabalho. As portarias N.º 3236, que institui o Plano Nacional de Valorização do Trabalhador, e a portaria N.º 3237, que tornou obrigatório os serviços de medicina do trabalho e engenharia de segurança do trabalho em empresas com um ou mais empregados, do Ministério do Trabalho, foram publicadas no dia 27 de julho de 1972. Assim foi instituído o Dia Nacional da Prevenção de Acidentes de Trabalho.

Com a criação do Ministério do Trabalho, em novembro de 1930, surgiram órgãos regulamentadores voltados ao interesse do trabalhador. Somente no ano de 1972, com a regulamentação da formação técnica em Segurança e Medicina do Trabalho, foi quando se deu o marco oficial da luta contra acidentes de trabalho. Segundo o gestor regional do Programa Trabalho Seguro do TRT da 8ª Regional, desembargador Walter Paro, as portarias foram criadas em razão das pressões que o Brasil sofria pela OIT - Organização Internacional do Trabalho, em face dos altos índices de mortes decorrentes de acidentes de trabalho. "O dia 27 de julho não é uma data comemorativa, acredito que deva ser uma data que exija reflexões e sobretudo mudanças comportamentais, proativas, no sentido de serem aperfeiçoadas as medidas de proteção do trabalhador. Temos, infelizmente, uma vergonhosa estatística que coloca o Brasil como um dos países que lideram o ranking com maior número de trabalhadores formais acidentados, e com o maior número de mortes decorrentes desses acidentes do trabalho. Essas estatísticas não incluem os trabalhadores informais, que ficam às margens da legislação trabalhista e também protetiva", relata. O magistrado ressalta que, com o fim do Ministério do Trabalho e de seus órgãos de fiscalização no Brasil, a cada dia o Brasil veda seus trabalhadores de proteção à Saúde e segurança no ambiente de trabalho. "Os sindicatos profissionais perderam o protagonismo, que, se até anos atrás já era pouco, hoje praticamente dorme em berço esplêndido, deixando à míngua os trabalhadores", pontua.

Segundo dados divulgados pelo Observatório de Segurança e Saúde no trabalho, uma iniciativa do MPT e OIT, apontam que, em 2020, foram registrados 46,9 mil acidentes de trabalho no Brasil da população com vínculo de emprego regular.

A Justiça do Trabalho tem exercido papel proativo, não se limitando a julgar as milhares de ações envolvendo acidentes com ou sem mortes no ambiente de trabalho, mas amplamente tem desenvolvido ações de conscientização em todo o território nacional, por meio do Programa Trabalho Seguro. Gestores nacionais e regionais têm empenhado esforços nesse sentido, levando às classes trabalhadores e empresariais conhecimentos e fomentando medidas de higidez no ambiente do trabalho, assim evitando acidentes e, principalmente, mortes. Para o gestor do Programa Trabalho Seguro, desembargador Walter Paro, a cultura de prevenção e proteção deve ser reforçada sempre por todos. "Muito há o que fazer, trata-se de um esforço hercúleo, insistente, ininterrupto para alcançar esse objetivo, que não é utópico, pelo contrário, é plenamente possível, basta que cada um faça a sua parte, trabalhadores, empresários, escolas enfim. Temos que mudar a cultura de descaso migrando para uma cultura de prevenção e proteção. Só assim teremos essa data como uma data comemorativa. Hoje, o que nos resta é lamentar e trabalhar para temos a certeza de que o trabalhador saia de sua casa na certeza de retornar com Saúde plena ao convívio de sua família. Basta de mortes, basta de indenizações que não devolvem a Saúde ou a vida! O trabalho é de todas e de todos!", finaliza Walter Paro.

5 - SEGURANÇA.jpg

FONTE: https://www.trt8.jus.br/noticias/2021/27-de-julho-e-marcadocomo-dia-nacional-da-prevencao-de-acidentes-de-trabalho##: ~: text=As%20portarias%20N.%C2%BA%203236,27%20de%20julho%20de %201972.

CANTINHO DO AMIGO

Dicas para proteger os animais de estimação no frio e prevenir pets doentes

.

6 - CANTINHO DO AMIGO.jpg

Como os meteorologistas haviam avisado, a temperatura caiu bastante em várias regiões do Brasil, inclusive em Minas Gerais. O frio pode ser prejudicial também aos animais de estimação e, por isso, eles precisam de cuidados especiais. Conversamos com o médico veterinário José Lasmar para trazer dicas do que fazer para proteger os pets do frio e prevenir que eles fiquem doentes.

 

Para começo de conversa, ele diz que existem mitos que precisam ser derrubados, como o de que os animais não sentem frio porque têm pelos. "Eles podem até vir a óbito, como os humanos. É verdade que alguns cães são mais resistentes, mas eles também sentem frio", diz. Dentro deste rol dos mais "fortes", o especialista destaca as raças husky siberiano e bernese.

 

Veja como proteger os pets:

• Coloque neles roupas confortáveis e quentinhas;

• Eles devem ser abrigados fora do alcance das correntes de ar e de ventos fortes;

• A cama precisa ser fofa e, se possível, feita com tecidos de algodão, porque esquentam e são mais confortáveis;

• A alimentação não sofre alteração no tempo de frio. Eles podem comer normalmente;

• A atividade física, como a caminhada, deve ser mantida;

• Ao contrário da alimentação e dos exercícios, os banhos devem ser evitados.

 

Doenças: Lasmar destaca que, assim como acontece com os seres humanos, os animais também podem ter a saúde afetada.

 

Cães

No período de frio, principalmente no outono e inverno, os cachorros podem ter traqueobronquite infecciosa, doença conhecida também como gripe dos cães, gripe dos canis, tosse dos canis ou, ainda, coqueluche canina, que pode ser causada por vírus ou bactérias. Para evitá-la, Lasmar orienta que eles sejam vacinados, em dose única, com validade de um ano. O imunizante custa em torno de R$ 110.

 

Gatos

No frio, os gatos podem adoecer com pneumonia felina bacteriana. Não há tosse e, por isso, o tutor precisa redobrar a atenção. O tratamento é feito com antibiótico. Não há vacina como prevenção

FONTE: https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2022/05/19/veja-dicas-paraproteger-os-animais-de-estimacao-no-frio-e-prevenir-pets-doentes.ghtml

7 - CANTINHO DO AMIGO.jpg

.

CANTINHO DA SAÚDE

 

CUIDADOS COM A SAÚDE NO INVERSO – DICAS FUNDAMENTAIS

.

8 - CANTINHO DA SAÚDE.jpg

O inverno na região sul do país segue surpreendendo os gaúchos com a baixa temperatura e as chuvas. O clima, típico desta época do ano, exige cuidados redobrados com a saúde, para evitar doenças. O chefe do Serviço de Medicina Interna do Hospital Moinhos de Vento, Dr. Sérgio Brodt explica o motivo e dá dicas.

 

Complicações que surgem com o Inverno

 

Nessa época de frio, o corpo passa por diversas alterações para conseguir manter uma temperatura estável, em torno de 36º C. A transmissão dos vírus da gripe e resfriados são mais comuns. Ela pode acontecer de forma direta, através de gotículas provenientes de espirros ou tosse que são inaladas. E indiretamente, por contato com objetos contaminados e posterior toque em áreas de mucosa nasal, oral e olhos. O ressecamento das vias aéreas é um fator importante na predisposição aos problemas respiratórios no frio. Existem muitas variáveis com relação à facilidade de adquirir uma infecção nessa época. Tanto questões imunológicas individuais, como doenças crônicas, SIDA, neoplasias, grau de nutrição e estresse podem influenciar no risco de infecção. Além das doenças infecciosas, em temperaturas baixas existe uma maior predisposição a complicações de doenças vasculares como angina, infarto, AVC e vasculopatia periférica, devido à vasoconstrição associada ao frio.

 

Cuidados com a saúde

São várias as ações que podem ajudar na prevenção, por isso, confira alguns hábitos para incluir na rotina:

 

• Ingerir em torno de 2 litros de água por dia;

• Evitar sentir frio, mantenha o corpo aquecido com gorros, mantas, e casacos de acordo com a temperatura;

• Adotar uma alimentação saudável. Com o frio, o metabolismo corporal fica acelerado e necessita maior aporte de calorias;

• Praticar exercícios físicos, pois melhora a força muscular e a sua capacidade. Além de também promover benefícios cardiorrespiratórios e auxiliar na flexibilidade e estado de confiança e autoestima;

• Utilizar umidificadores de ar podem melhorar o ressecamento das vias aéreas;

• Estar com a vacinação em dia.

 

Em razão da pandemia, se puder, fique em casa. Se tiver que sair, use máscara e higienize as mãos constantemente.

 FONTE:https://www.hospitalmoinhos.org.br/institucional/blogsaudeevoce/dicasfundamentais-para-cuidar-da-sua-saude-no-inverno-2

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

.

9 - ALIMENTAÇAO SAUDÁVEL.jpg

A alimentação saudável é uma das melhores maneiras de garantir qualidade de vida, porque faz nosso corpo funcionar de forma adequada e também ajuda na prevenção de doenças. Ela deve ser balanceada, rica em proteínas, gorduras, carboidratos, fibras, vitaminas, água e sais minerais.

 

Quando se pensa em alimentação saudável, a palavra “dieta” logo vem à mente. Porém, nem tudo é tão simples quanto parece. Em uma tentativa de perder peso, por exemplo, é comum cortar alguns ingredientes essenciais ao bom funcionamento do corpo. Isso, em vez de tornar a pessoa mais saudável, faz exatamente o oposto.

Sendo assim, é preciso entender que cada alimento tem sua importância para o corpo, seja por meio de vitaminas, minerais, proteínas, carboidratos, fibras ou até mesmo gorduras (desde que elas sejam as “boas”). Cada um desses nutrientes tem seu próprio papel individual no desenvolvimento físico e mental de quem o consome.

É por isso que ter uma alimentação saudável e equilibrada é tão importante. Sendo assim, para auxiliar suas decisões e controles de refeições de agora em diante, vamos mostrar aqui como uma dieta completa consegue impactar na sua qualidade de vida. Preparado? Separe sua garrafa de água, pegue uma cadeira e venha conosco!

Melhor funcionamento do organismo

Como explicamos, os nutrientes dos alimentos que você come auxiliam nas atividades do dia a dia e protegem as células de danos externos e internos. A proteína, por exemplo, recria o tecido lesionado e promove um sistema imunológico saudável. Carboidratos e gorduras alimentam o corpo e dão energia, enquanto vitaminas e minerais têm funções que, em conjunto, colaboram para o bom funcionamento do organismo. Por isso, é preciso entender que, sem uma alimentação saudável e diversificada, você pode comprometer qualquer uma dessas funções essenciais para o próprio corpo. Resolver essa questão pode parecer mais fácil do que parece. Basta procurar pela ajuda de um profissional dessa área, como Nutricionista, Nutrólogo ou Endocrinologista.

Prevenção de doenças

Engana-se quem pensa que a obesidade é a única doença provocada pela má alimentação. Acontece que, aqui, ambos os níveis de quantidades (muito ou pouco) de certos nutrientes também podem contribuir para problemas de saúde.

Por exemplo, a falta de cálcio em sua dieta pode predispor um desenvolvimento de osteoporose ou enfraquecimento dos ossos. Muita gordura saturada pode causar doenças cardiovasculares, enquanto a ingestão de poucas frutas e vegetais está associada ao aumento da incidência de câncer na população. Logo, tenha em mente que o consumo de alimentos bons com uma variedade ampla de fontes ajuda a garantir que seu corpo tenha os nutrientes necessários para evitar esses e outros problemas de saúde.

Aumento da disposição

Curiosidade: as calorias são unidades de energia armazenada por meio dos alimentos. Essa energia é necessária para todas as funções do corpo, incluindo pensamento, atividade física, crescimento e cura.

As proteínas, carboidratos e gorduras, por exemplo, são os blocos de construção dessa energia. Após a ingestão, os carboidratos são transformados em glicose que, por sua vez, fornece energia bruta a ser gasta imediatamente ou armazenada nos músculos para uso posterior. Contudo, quando pensamos em alimentação saudável, devemos considerar, mais do que nunca, os carboidratos complexos. São eles os grãos integrais, vegetais e frutas. Eles fornecem um equilíbrio de calorias e nutrientes mais consistente que carboidratos simples (porque estes são ricos em calorias, porém, pobres em nutrientes, o que pode ser uma má escolha para a produção de energia).

Sendo assim, uma boa e completa dieta, além de aumentar a disposição da pessoa que a realiza, também contribui para a coleta de nutrientes e minerais diversificados que, em conjunto, colaboram para um bom funcionamento do organismo.

Viu como uma alimentação saudável pode impactar na sua qualidade de vida? Basta ter em mente que tudo o que se ingere provoca impactos diretos e indiretos no nosso corpo. Logo, quando prezamos pela ingestão de alimentos ricos em nutrientes e diversificados, o próprio organismo agradece.

 

FONTE: https://www.boaconsulta.com/blog/alimentacao-saudavel-como-elaimpacta-na-sua-qualidade-de-vida

PRESERVE O MEIO AMBIENTE

10 - PRESERVE O MEIO AMBIENTE.jpg

Verão de extremos: por que Brasil vive picos de chuvas e calor em 2022 Região sofre com segundo ano consecutivo de fenômeno climático que afeta corredores de umidade no continente; meteorologistas também sugerem que aquecimento global deixa clima mais extremo.

 

O verão é sempre uma das estações mais aguardadas do ano — uma época reservada para férias, passeios e praia.

Mas até agora o verão desta temporada — que começou oficialmente no dia 21 de dezembro — tem deixado marcas pesadas em diversos lugares do país, de Norte a Sul.

Ondas de calor e chuvas extremas foram registrados em diversos Estados brasileiros desde dezembro, como São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná — e também em países vizinhos como Argentina, Uruguai, Paraguai e Bolívia.

 

Isso é normal?

Os extremos do verão de 2022 chamam atenção dos meteorologistas, que acompanham de perto as viradas do clima

"Os verões estão ficando mais irregulares e extremos", disse José Marengo, diretor do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), à BBC News Brasil. Picos de calor, chuvas fortes e estiagens prolongadas são comuns em diversos verões brasileiros, como já aconteceu, por exemplo, em 2005 e 2015.

Tanto naquelas ocasiões como agora em 2022 os extremos são provocados pelo mesmo fator: a ocorrência do La Niña, um fenômeno atmosférico complexo, em que as temperaturas das águas na superfície do Oceano Pacífico sofrem um resfriamento. Esse fenômeno tem implicações do clima do planeta inteiro, em efeito cascata. Na América do Sul e no Brasil, o La Niña afeta os corredores de umidade da Amazônia, às vezes chamados de "rios voadores".

A umidade que sai da Amazônia é responsável por chuvas em boa parte do continente e o La Niña antecipa a chegada de chuvas nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste.

Com isso, o corredor de umidade da Amazônia acaba não chegando à região Sul do país. Ou seja — há chuvas demais no Sudeste do Brasil e isso faz com que falte chuva na região Sul, onde o clima fica seco.

Uma das consequências disso é que se forma uma espécie de "bolha seca" na região Sul do Brasil (e também na Argentina e Paraguai), e os corredores de umidade acabam não conseguindo penetrar essa bolha seca. Dentro dessa bolha, o solo vai ficando mais quente, o que colabora para aumentar ainda mais a temperatura. Por isso, muitos municípios estão registrando calor recorde.

Pior em 2022

O que complica tudo ainda mais neste ano é que o La Niña está acontecendo pela segunda vez consecutiva. Entre setembro de 2020 e maio de 2021, houve um La Niña que provocou fortes chuvas no Brasil, combinado com calor recorde e estiagem. Em outubro de 2021, dois meses antes do verão no Hemisfério Sul, o La Niña voltou a acontecer.

Mudanças climáticas?

Meteorologistas descartam um terceiro La Niña seguido para este ano. Com isso, a previsão é de que a partir de abril ou maio, no outono brasileiro, a temperatura volte para um patamar normal — ou seja, mais perto das médias históricas de chuvas e temperaturas.

No entanto, uma coisa chama atenção dos meteorologistas: o fato de que os fenômenos climáticos estão ficando cada vez mais extremos.

É o aquecimento global que torna o clima muito mais variável. As projeções mostram grandes áreas do mundo com aumento na frequência do calor. Existe um aumento de eventos de chuvas extremas, em que o volume de um mês inteiro cai em apenas um ou dois dias. Os extremos observados no Brasil se repetem em outras áreas do planeta, como América do Norte, Europa e Austrália, onde ondas de calor provocaram incêndios florestais de grandes proporções. As consequências econômicas desses extremos são grandes. No Mato Grosso do Sul, mais de 5 mil frangos morreram de calor em granjas nas cidades de Dourados e Fátima do Sul, devido à falta de energia provocada pelos extremos de temperatura. Cidades que viveram ondas de calor, como Porto Alegre, sofreram com desabastecimento de água, sobretudo na periferia, devido a picos de consumo. Já as chuvas fortes causam destruição e morte, onde muitas casas construídas em encostas desabaram após deslizamentos. Outro problema é que quando as chuvas caem, elas nem sempre são boas o suficiente para trazer benefícios econômicos. Marengo diz, por exemplo, que mesmo com o enorme volume de chuvas no Sudeste, algumas zonas críticas para o abastecimento de água e energia — como a região da Cantareira em São Paulo — não recebem volumes suficientes. Ou seja: as chuvas provocam alagamentos e destruição, mas não recompõem as bacias vitais para a população. Para Marengo, além de ação global pelo clima — com redução de emissões e desmatamento para controlar o aquecimento global — governos precisam investir em medidas de adaptação, como proibir construções em zonas de risco e investir em infraestrutura para lidar com fenômenos extremos. "Esse tipo de planejamento precisava já ter sido feito", diz Marengo

 

FONTE:https://www.google.com/searchq=meio+ambiente+hoje+no+brasil&rlz=1C1GCEU_ptBRBR988BR988&oq=MEIO+AMBIENT+EHOJE&aqs=chrome.3.69i57j0i13l2j0i13i30 j0i5i13i30l6.6541j0j15&sourceid=chrome&ie=UTF-8

 

VAMOS SER MELHOR QUE ONTEM

William Henry Gates III, mais conhecido como Bill Gates.

É um magnata, empresário, diretor, executivo, investidor, filantropo e autor americano, que ficou conhecido por fundar, junto com Paul Allen a Microsoft, a maior e mais conhecida empresa de software do mundo em termos de valor de mercado. Gates ocupa atualmente o cargo de presidente não-executivo da Microsoft, além de ser classificado regularmente como uma das pessoas mais ricas do mundo, posição ocupada por ele de 1995 a 2007, 2009, e de 2014 a 2017. É um dos pioneiros na revolução do computador pessoal.

 

Filantropia

Em 2000, junto com sua esposa Melinda, Gates criou a Fundação Bill e Melinda Gates, uma organização filantrópica que tem por principais objetivos promover a pesquisa sobre a AIDS e outras doenças que atingem, em maior parte, os países em desenvolvimento. Também tem como objetivo pesquisar novos tipos de energias sustentáveis e limpas.

 

Em 2006,Warren Buffett, então o segundo homem mais rico do mundo, integrou o projeto, anunciando seu plano de contribuir com 10 milhões de ações de classe B da companhia Berkshire Hathaway (US$ 30 bilhões aproximadamente),fazendo com que a fundação dobrasse de tamanho. Segundo um artigo de 2004 da revista Forbes, Gates já doou cerca de 30 bilhões de dólares para a caridade desde o ano de 2000.

 

Reconhecimento

A revista Time descreveu Bill Gates como uma das 100 Pessoas mais Importantes do Século e também entrou para a lista Time 100 três vezes consecutivas: em 2004, 2005 e 2006. A revista também inclui Gates e sua esposa, Melinda, na Pessoa do Ano por suas atividades filantrópicas. Em 1998, Bill Gates foi votado como a 1ª de 50 celebridades mais importantes da história. Em 1999, Gates entrou para a The Sunday Times como a pessoa mais poderosa dos nossos tempos e novamente em 2006 Gates foi eleito o 8° herói contemporâneo.

 

Em 2016, Bill e Melinda Gates foram condecorados por Barack Obama com a Medalha Presidencial da Liberdade, a maior honra civil dos Estados Unidos, em reconhecimento de sua filantropia.

 

Gates recebeu status de honoris causa das seguintes universidades:

• Nijenrode (2000)

• Real Instituto de Tecnologia (2002)

• Universidade de Waseda (2005)

• Universidade de Tsinghua (2007)

• Universidade Harvard (2007);[27]

• Instituto Karolinska (2008),[28]

• Universidade de Cambridge (2009).[29]

 

Títulos honoríficos

Gates também foi condecorado por duas ordens de cavalaria: a Ordem do Império Britânico, em 2005, e a Ordem da Águia Asteca em 2006. Foi, também, a 5 de Janeiro de 2006, condecorado, em Portugal, pelo Presidente Jorge Sampaio, com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, pelo apoio a países da Lusofonia, como, por exemplo, o combate à malária em Moçambique, à doença do sono em Angola, pela ajuda ao plano nacional de combate à Sida no Brasil e ainda pela doação feita em 1999 ao Fundo Internacional de Resgate que serviu como apoio de saúde a refugiados, entre os quais os provenientes de Timor-Leste que se viram deslocados após o referendo de 1999.

 

Religião

Em entrevista à revista Rolling Stone, em 2014, ao ser questionado sobre a importância da religião, Bill Gates afirmou: "Educamos nossos filhos de forma religiosa; eles frequentaram a Igreja Católica, de que Melinda e eu participamos. Temos tido muita sorte, e devemos aproveitá-la para tentar reduzir a desigualdade do mundo. É um tipo de crença religiosa, ao menos no sentido moral". Perguntado sobre a crença em Deus, Bill Gates afirmou que faz sentido crer, embora afirme que isso não sabe até que ponto impacta nas decisões a serem feitas na vida de cada um. "Hoje a ciência ocupa lugares que antes eram ocupados pela religião, mas a beleza do mundo é impressionante, e não há explicação científica sobre como se tornou assim", afirma.

 

Investimentos

Bill Gates tem planejado novos investimentos que irão impulsionar a Microsoft. Dentre os planos já confirmados previstos estão:

 

• Cascade Investment, já de propriedade da Família Gates.

• bgC3, fundada pelo magnata.

• Corbis, empresa que atua no ramo de direitos de imagem.

 

FONTE: https://g1.globo.com/tudo-sobre/bill-gates/

.

.

EVENTOS

Ainda não voltamos à rotina normal de cursos e treinamentos, Estamos nos adequando à nova realidade para que nossos colaboradores continuem desempenhando suas tarefas com segurança, qualidade e compromisso com o cliente. Os cursos e treinamentos indispensáveis estão sendo disponibilizados em plataformas internas da empresa, grupos específicos de whatsapp e videoconferências.

 

Esperamos que, em breve tenhamos novos conteúdos para publicação.

 

Ainda falando sobre Bill Gates: apesar de ser pioneiro na área da tecnologia, ele não dispensa uma boa leitura. Segue abaixo os livros mais recentes lidos pelo magnata:

11 - EVENTOS.jpg

LISTA DOS LIVROS FAVORITOS DE BILL GATES

 

Shoe Dog (A Marca da Vitória - em Português), de Phil Knight. Este livro de memórias, do cofundador da Nike, é um lembrete refrescante e honesto de como realmente é o caminho para o sucesso nos negócios: confuso, precário e cheio de erros. Encontrei Knight algumas vezes ao longo dos anos. Ele é super legal, mas também é quieto e difícil de conhecer. Aqui Knight se abre de uma maneira que poucos CEOs estão dispostos a fazer. Eu não acho que Knight se propõe a ensinar nada ao leitor. Em vez disso, ele realiza algo melhor. Ele conta sua história da forma mais honesta possível. É um conto incrível.

12 - EVENTOS - A MARCA DA VITÓRIA.jpg

O Gene, de Siddhartha Mukherjee. Os médicos são considerados uma “ameaça tripla” quando cuidam de pacientes, ensinam estudantes de medicina e realizam pesquisas. Mukherjee, que faz todas essas coisas na Universidade de Columbia, é uma “ameaça quádrupla”, porque também é um autor vencedor do Prêmio Pulitzer. Em seu último livro, Mukherjee nos guia pelo passado, presente e futuro da ciência do genoma, com foco especial nas enormes questões éticas que as mais recentes e melhores tecnologias do genoma provocam. Mukherjee escreveu este livro para um público leigo, porque ele sabe que as novas tecnologias do genoma estão prestes a nos afetar profundamente

.

13 - EVENTOS - O GENE.jpg

O Mito do Líder Forte, de Archie Brown.

 

A feroz batalha eleitoral deste ano me levou a pegar este livro de 2014, de um acadêmico da Universidade de Oxford que estudou liderança política – boa, ruim e feia – por mais de 50 anos. Brown mostra que os líderes que fazem as maiores contribuições para a história e a humanidade geralmente não são aqueles que percebemos como “líderes fortes”. Em vez disso, eles tendem a ser os que colaboram, delegam e negociam – e reconhecem que nenhuma pessoa pode ou deve ter todas as respostas. Brown não poderia prever o quão ressonante seu livro se tornaria em 2016.

14 - EVENTOS - O MITO DO LIDER FORTE.jpg

Menção honrosa: The Grid, de Gretchen Bakke. Este livro, sobre nossa rede elétrica envelhecida, se encaixa em um dos meus gêneros favoritos: “Livros sobre coisas mundanas que são realmente fascinantes”. Parte do motivo pelo qual acho esse tópico fascinante é porque meu primeiro emprego, no ensino médio, foi escrever software para a entidade que controla a rede elétrica no Noroeste. Mas mesmo que você nunca tenha pensado um momento em como a eletricidade chega às suas tomadas, acho que este livro o convenceria de que a rede elétrica é uma das maiores maravilhas da engenharia do mundo moderno. Acho que você também entenderia por que a modernização da rede é tão complexa e tão crítica para construir nosso futuro de energia limpa.

 

 

 

 

(Não existe a versão impressa em português – apenas áudio book).

15 - EVENTOS - THE GRID.jpg

HOLOS CONSULTORES ASSOCIADOS LTDA.

Rua Silva Ortiz, 223 – Floresta, Belo Horizonte, MG – CEP: 30150-130

Telefone: (31)3267-5300

E-mail: holosconsultores@holosconsultores.com.br

Sócio-diretor: Márcio José Soares Pinto

Diretor executivo: Celso Antônio Advíncula Vitor

Responsável boletim Holos IN: Conceição Aparecida da Silva

Ajude-nos a melhorar, mande sua opinião e sugestão sobre o Holos in, através do nosso site: www.holosconsultores.com.br, do nosso e-mail holosconsultores@holosconsultores.com.br ou pelo telefone (31)3267-5300.

.